Entenda a importância do colete 3D no tratamento da escoliose ainda na infância e como essa tecnologia funciona.

Palmipé | Serviços de Podologia e Produtos Ortopédicos Desde 1983

colete 3d

Colete 3D: saiba porque ele é necessário

A escoliose quando tratada ainda na infância tende a não progredir de forma grave na vida adulta. Um dos melhores tratamentos para esse problema está no uso do colete 3D, um item moderno e personalizado ao paciente. 

Essa tecnologia tem resultados positivos e ajuda a minimizar a progressão da patologia de modo satisfatório. Neste texto, iremos explicar a você porque o colete é tão necessário e como ele pode melhorar casos de escoliose. Continue a leitura para mais detalhes. 

O que é um colete 3D?

Trata-se de uma órtese corretiva indicada para problemas na coluna, sobretudo em casos de escoliose em crianças e adolescentes. O colete 3D é usado como parte do tratamento para a patologia, sendo uma tecnologia moderna e eficiente. 

Seu objetivo é interromper a progressão da deformidade na coluna que vai se curvando em C ou S pela falta do tratamento. Vale lembrar que o colete ortopédico é apenas parte do tratamento que será combinado a exercícios específicos para escoliose. 

Para que o colete é indicado?

Em resumo, a órtese é indicada para tratar a escoliose em crianças e adolescentes que ainda não atingiram a maturidade óssea. Quando chegam a essa fase de desenvolvimento, o colete 3D não é mais tão eficiente, mantendo apenas os exercícios. 

A recomendação é que o colete seja usado para pacientes com curvaturas entre 25 a 45º graus. Nesse estágio, a coluna já caminha para deformidades em S ou C que são características da doença. 

A escoliose é uma deformidade que não se corrige sozinha, necessitando de tratamento adequado. O colete ortopédico evita a progressão da doença de modo a minimizar seu agravamento.

Colete 3D: uma tecnologia personalizável

O colete ortopédico é uma tecnologia eficiente para o tratamento da escoliose, mas esse é apenas um resumo. Ele não é uma forma pronta como outros modelos, mas moldado de acordo com as necessidades do paciente. 

A ideia é que o uso seja confortável e seja eficiente para o tratamento, trabalhando os 3 pontos da escoliose. 

Por isso, o colete 3D é totalmente personalizado para o corpo do paciente, atendendo suas medidas. Para confeccioná-lo, é necessário que o indivíduo passe por um scanner que faz as medições. 

Também é considerado para formar o modelo a largura do tórax e comprimento entre os pontos da escoliose. Pode ser solicitado ao paciente exames de imagem, como o raio-x, pois ajudam a ajustar as medidas para a órtese. 

Com isso é criado um colete único ao paciente que entregue o máximo de conforto para quem irá usá-lo. Além disso, o modelo é bastante discreto, permitindo o uso por mais tempo, visto que é indicado vesti-lo por 22 horas todos os dias. 

Por que o uso do colete 3D é tão importante?

Como mencionado, a escoliose não é minimizada de forma espontânea e pode piorar pela falta de tratamento. Existem dois fatores que podem levar a piora do quadro:

  • a gravidade da curvatura a partir do diagnóstico;
  • e a idade do paciente. 

Por exemplo, se a criança com média de 10 anos tiver curvas acima de 35 graus, a tendência é de agravamento. A progressão do quadro é mais ágil antes do paciente atingir a maturidade óssea, após o processo é mais lento. 

Desta forma, o tratamento iniciado cedo é o mais indicado, por ter resultados bem mais positivos. 

Com o fim do crescimento, curvas menores de 30 graus costumam não progredir, enquanto as acima de 50 pioram com o tempo. O colete 3D colabora para “estacionar” o avanço da deformidade, combinado a exercícios específicos.

Não é preciso muito para entender que o colete ortopédico é a melhor alternativa para quem tem escoliose. Se é o seu caso, nós da Palmipé temos a solução que você procurar. Clique aqui para saber mais sobre o colete 3D. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *